10 de setembro de 2008

Alfredo di Roma

Certa vez Anthony Bourdain disse que era uma pessoa muito amarga, e o motivo desta amargura era o fato de ele não ter nascido na Itália. Acho que eu compartilho deste pensamento, fico revoltado toda vez que vejo um italiano, principalmente se ele for Chef, mas tudo bem, vamos deixar a inveja de lado e falar de restaurante.

Sábado estava com uma vontade imensa de comer comida italiana, mais especificamente, massa. Peguei o carro e saí pela cidade procurando um restaurante, e conclui uma coisa.. nesta cidade o que mais tem é pizzaria e restaurante chinês! No dia que der vontade de comer comida chinesa vou ficar em dúvida!Eu já estava quase desistindo, quando surgiu em Ondina, no hotel Atlantic Towers ao lado do Othon.. Il re delle Fettuccine: Alfredo di Roma.

Como já deu pra entender, Alfredo di Roma é um restaurante italiano. Aliás, Um clássico de restaurante, uma maravilha do atendimento ao cafezinho! Infelizmente eu não estava vestido à altura. Digamos que eu estava vestido para ir à uma pizzaria, e essa não é a roupa mais adequada para ir jantar lá, mas nem por isso deixei de ser bem atendido.

O cardápio do restaurante é bem diversificado, pães, carnes, frutos do mar e massa, muita massa, afinal ele é o rei do fettuccine! Falando em fettuccine, eu nunca comi algo igual, a massa fresca, feita lá, tal como os pães, simplesmente perfeitos. Outra coisa muito importante é ir de taxi, isso porque o restaurante tem uma carta de vinhos magnífica, simplesmente maravilhosa, e com esta lei seca, nem pensar! E como eu não tive escolha, fiquei com um suco natural de uva, que por sinal era excelente!

Eu não conhecia o restaurante, já tinha ouvido falar, mas nunca tinha ido lá. Confesso que quando eu cheguei e vi aquele exercito de garçom, me seguindo, puxando cadeira.. eu fiquei com medo do preço ser alto! Mas foi só antes de ver o cardápio, porque quando ele chegou, eu tive certeza! Mas pensei.. eu trabalho muito, mereço uma recompensa no final do mês.. raramente faço isso.. enfim quis amenizar, não deu muito certo, mas no final valeu cada centavo!

Decidi aproveitar, e veio o Couvert (que não é taxa que se paga pela banda e sim a entrada), no caso, aqueles maravilhosos pães italianos, acompanhados de manteiga, patês, molho de tomate.. todos maravilhosos!! E a cestinha chegava à metade, e lá vinha outra.. poderia ficar comendo aqueles pães a noite toda, com o patê de foie gras.. maravilha!! chegou a hora de escolher o prato (que era individual, porém eu vi em uma mesa uma porção pra mais de uma pessoa, talvez três, mas não sei ao certo). Eu escolhi um Fettuccine all’Augusto Imperatore, com creme de leite fresco, molho de tomate e camarões flambados em conhaque, não preciso nem dizer que estava mais do que maravilhoso! A porção é razoável, nem muito nem pouco, e depois de comer pão de entrada.. fica a quantidade perfeita! O cardápio de sobremesas também é bem interessante e pelo que eu percebi, os clientes adoram o profiteroles de lá.. (aquele Petit Gateau).. Como Já estava satisfeito com o jantar, não quis sobremesa e fiquei só com um cappuccino.. já estava tudo tão perfeito que nem me surpreendi com a beleza do cappuccino, assim como o sabor, acompanhado de um açucareiro de prata pura, belíssimo! Estava perfeito, nada poderia estragar um jantar daqueles.. talvez só a conta, mas deixa pra lá!

O ambiente é clássico e simples, piso de madeira, mesas com toalhas brancas impecavelmente arrumadas, daquelas que você fica com pena de tirar o guardanapo do lugar, nas paredes, fotos de pessoas famosas que passaram por lá, e pra completar, um pianista fazendo a música de fundo.. simplesmente perfeito.. Para a minha sorte, era aniversário de uma cliente, e aconteceu o inesperado para um restaurante como este, os garçons se juntaram ao redor da mesa dela e todos cantaram parabéns e como se não bastasse o estranho, chega um garçom com um monte de fettuccine fresco e coloca na cabeça da aniversariante para uma foto bem italiana! Fiquei extremamente surpreso, mas adorei e irei lá no meu aniversário! Também quero uma foto com um monte de fettuccine na cabeça! =)

Mas voltando ao restaurante tenho que falar do indispensável, a conta! Como eu disse, lá saí pratos individuais, exceto aquele que eu vi que era uma porção maior.. Cada prato individual, custa em média R$ 45,00, variando entre R$36,00 e R$65,00, o couvert (entrada) R$ 8,00 por pessoa, tem uma taxa para o pianista, tem bebida, as sobremesas custam em média R$ 14,00.. Resumindo, definitivamente não é um restaurante barato, posso arriscar dizer que é caro, mas vale o preço. Existe algum restaurante com a mesma qualidade e menor preço? Existe! Porém, com ambientes diferentes, de regiões diferentes na Itália, logo temperos diferentes, estilos diferentes.. enfim a comida não é a mesma, nem o lugar! Mas não deixa nada a desejar! É só evitar comparações!

Comida
Ambiente
Atendimento

Um comentário: